Cafezeiro Profissional

Café com filtro de papel é realmente bom? Veja aqui!

Os espressos feitos em máquinas modernas podem ser muito bons, mas e o café com filtro de papel? Será que ele traz o mesmo sabor característico que os apaixonados pela bebida adoram?

O cafezinho é o primeiro contato que muitas pessoas têm com o mundo assim que acordam. Da mesma forma que existem diversos tipos de grãos, existem várias maneiras para fazê-lo também. 

Veja também: Tipos de grãos de café: Arábica e Robusta

As formas de preparo não se diferenciam apenas pelo equipamento que é usado. Também há diferenças quanto ao material, a velocidade e a dificuldade em que se prepara a bebida.

Seja lá como for, é possível fazer um café com filtro de papel delicioso para degustar em qualquer hora do dia. Pela manhã, com um pãozinho com manteiga e até no lanche da tarde. Que tal entender mais a respeito? Continue a leitura!

O que é um café com filtro de papel?

Essa bebida nada mais é do que o pó do café passado por um filtro feito de papel. Hoje em dia, esse tipo de filtro é um dos métodos favoritos para se preparar o cafezinho. Em especial, para aqueles que buscam por rapidez e praticidade. 

Os filtros desse material possuem as tramas fechadas. Assim, apresentam uma maior retenção durante a filtragem. Isso resulta em um café mais brilhante e igualmente saboroso, se comparado com o que é passado no coador.

Entretanto, para manter um gosto realmente apurado, é importante que o produto usado seja de qualidade, isso sem contar com tamanho certo, é claro!

Veja também: Hario V60: saiba mais como funciona o porta-filtro

Vantagens e desvantagens do filtro de papel

Por ser descartável, este filtro é bem mais higiênico. Entretanto, usar esse método garante uma bebida um pouco mais amarga. Isso sem contar com a facilidade de uso: é só colocar no suporte e pronto! 

Como desvantagem, por vezes deixa um gosto de papel no café. Além disso, não é econômico, uma vez que se descarta sempre que for fazer novas quantidades. Também faz com que o café perca um pouco do seu óleo essencial. 

As origens do café com filtro de papel

Sabemos que a prática de fazer café em filtros de pano é antiga. Contudo, com papel surgiu por volta do fim do século XX. Uma dona de casa alemã, Melitta Bentz, estava cansada de resíduos na bebida e buscou por alternativas.

Ela foi experimentando diversos materiais, incluindo um papel absorvente do filho. Melitta cortou-o em pedaços a fim de dar forma, usando-o para preparar uma xícara do seu estimado café. Assim, quando viu que tinha funcionado bem, solicitou a patente.

Veja também: AeroPress: saiba como usar para fazer café

Como fazer um café com filtro de papel

Uma ótima bebida não se resume apenas no que é coado com pano ou feito com uma máquina de expresso. No dia a dia agitado em que vivemos, um coador feito com papel também proporciona um café delicioso. 

Mas, para que o seu cafezinho não tenha aquele gosto ruim e que saia perfeito, é preciso seguir alguns passos simples. Abaixo, listamos o que precisa fazer para degustar um dos melhores cafés da sua vida:

  1. Utilize cafés com uma moagem fina ou média.
  2. Use uma medida que seja padronizada para as quantidades certas de pó. O recomendado é a média de 80 gramas a 100 gramas do pó – 5 ou 6 colheres de sopa – para cada um litro de água. Mas vá experimentando para acertar o ponto mais agradável ao seu paladar. 
  3. Depois de passar um pouco de água quente no filtro, coloque o pó, espalhando de forma uniforme. Contudo, não se pode compactar, nem apertar as camadas.
  4. A água precisa ser limpa e pura. Portanto, utilize sempre a água que seja mineral ou filtrada no preparo.
  5. Assim que levantar fervura – cerca de 90º C – despeje aos poucos em cima do pó, deixando umedecido por completo. Entretanto, para um melhor resultado, vá molhando o café da beirada até o centro do filtro. Por conseguinte, despeje lentamente no centro. Em hipótese nenhuma use talheres para misturar.
  6. Quanto menos rápido colocar a água sobre o pó para fazer o café com filtro de papel, mais escura a bebida ficará. Mas lembre-se de não exceder 6 minutos. Senão, a extração em excesso tornará a bebida bem amarga.
  7. Para que o cafezinho saia bem quente, passe água quente na garrafa ou bule, pouco antes da sua preparação.
  8. Não passe o café duas vezes, para que não tenha gosto desagradável nem amargo demais. 
  9. A preparação da bebida na cafeteira elétrica segue os mesmos passos dos outros métodos. Para coar maiores quantidades – um pouco mais que 12 pequenas xícaras – o tempo mais longo de preparo acabará resultando no amargor. No entanto, se for necessário, é fazer uma quantidade menor por vez.

Como remover o gosto atípico do café com filtro de papel

Lavar os filtros traz a vantagem de diminuir e até mesmo evitar o sabor quase insuportável de papel. Além disso, pode-se pré-aquecer os dispositivos de infusão. Aprenda como fazer:

  • Colocar o filtro de papel no dispositivo; 
  • Molhe-o previamente jogando sobre ele um pouco de água quente, mas verifique se não ficaram espaços;
  • Descarte essa água;
  • Se for necessário, faça esse enxágue novamente;
  • Continue preparando seu café.

A maioria dos filtros fica ótimo após ser enxaguada. Contudo, alguns podem persistir com o sabor. E isso fica especialmente mais forte quando se tem um paladar mais sensível. Mas, e se isso acontecer? Troque a marca! 

A espessura e a qualidade do material que dá sabor ao seu café com filtro de papel

A qualidade dos filtros de papel é extremamente importante para que seja garantido o sabor excepcional da bebida. Além disso, o fluxo da água fica mais fluído, deixando um café mais limpo.

Escolher um filtro com o tamanho correto, assim como da espessura, faz com que o método de coagem seja eficiente. O filtro muito fino permite que a água vá fluindo depressa demais. Filtro com espessura maior mantém uma maior quantidade de óleos para fora da infusão. 

Onde comprar o material para fazer um delicioso café com filtro de papel

Filtros desse material podem ser adquiridos em qualquer supermercado ou lojas especializadas. Conforme a marca e as especificidades, encontra-se com os preços que vão de R$ 3,50 até R$ 76,00. Com um precinho desse, fica fácil preparar seu café com filtro de papel, não?