Como Fazer Café

Como preparar café coado? Aprenda passo a passo!

O café coado é um dos favoritos entre amantes de café, é extremamente fácil de preparar e leva apenas alguns minutos. De acordo com especialistas, o método de café coado no papel ou pano é um dos favoritos, por proporcionar uma bebida extremamente alinhada e harmônica. 

É um método que equilibra o sabor ao aroma do café. Para fazer um café coado perfeito, alguns cuidados são necessários, desde a escolha de bons grãos até a moagem correta.

A temperatura da água é um passo muito importante, como também o tempo em que o pó fica em contato com o pano ou filtro. São dicas bem simples e que fazem toda a diferença na hora do preparo. 

Em alguns minutos, você obtém uma bebida perfeita, que pode ser feita em qualquer hora do dia. Segundo baristas de cafeterias, este método é um dos favoritos entre eles e, também, entre os clientes.

Há diversos modos de preparar um café coado. Neste artigo, apresentaremos algumas opções de preparo. Continue a leitura!

Veja também: Conheça as mais diferentes maneiras de preparar café

Formas de preparar um café coado

  • Hario V60: semelhante a um coador tradicional, o Hario V60 possui uma peça como diferencial em sua estrutura interna. Possui todo um mecanismo em formato cônico, que alinha o tempo em que o pó ficará em contato com a água, até a abertura na grande base. A velocidade na hora da extração é completamente controlada e, como resultado, o consumidor tem uma bebida rica em sabor e bastante limpa. 
  • Chemex: possui um design diferente, pois é constituído de vidro e, exatamente por este diferencial, o café preparado pelo Chemex não possui nenhum traço amargo. Em sua estrutura, há presença de madeira, que fica presa a um cordão de couro. Especialistas relatam que o café preparado por este mecanismo é mais leve, limpo e não possui resíduos. 
  •  Clever: pode ser de plástico ou cerâmica. O diferencial deste filtro é que, durante o preparo, há imersão total para o café ser extraído. Isto é, o pó fica completamente imerso durante cerca de dois minutos ou mais, no lugar onde desce o líquido, sem que haja qualquer obstáculo no filtro. É um sistema manual em parte, pois quem controla o tempo de infusão é o barista. 

Existem diversas maneiras de preparar um bom café coado. Mas o método tradicional utilizando pano ou coador é o mais simples e popular, sendo bem mais acessível para os amantes de café.

O café extraído do coador possui um maior equilíbrio em relação ao sabor, acidez, corpo e finalização. Por incrível que pareça, isto não tem a ver com a quantidade de cafeína presente no café, mas sim, porque o modo de extração dos grãos é completamente uniforme.

Um café passado no coador resulta em uma bebida mais estável. Por este motivo, é usada pelas pessoas no dia a dia, diferente do café espresso, que é muito intenso. 

Para preparar um café coado de qualidade, há alguns passos que devem ser seguidos. As qualidades citadas acima são adquiridas quando indivíduo segue à risca os passos a seguir. 

Passo a passo para um café coado delicioso e perfeito

Passo 1: A escolha do café ideal

Existem vários tipos de cafés: alguns de qualidade bastante alta e outros com qualidades medianas. O café especial é o 100% arábica, pois é um produto que recebe todo um cuidado, desde o plantio até a entrega ao consumidor.

Cafés com avaliações superiores a 80 pontos nas provas internacionais são os de melhor qualidade. Os cafés com qualidades inferiores chegam ao consumidor já moído, ou seja, a maioria dos cafés em pó.

O que acontece é que, durante o processo, o café pode adquirir impurezas, entre outras substâncias. Então, o primeiro passo para fazer um café de qualidade é caprichar na escolha do grão. 

Veja também: Tipos de grãos de café: Arábica e Robusta

Passo 2: Moagem ideal para o filtro de papel

Para os filtros de pano ou papel, a moagem mais indicada é a de granulometria média, que é muito semelhante a grãos de areia ou açúcar demerara. A textura é bem parecida.

Não é uma moagem tão fina para extração quanto no café espresso, pois o filtro ou pano deixaria a bebida mais amarga. Também não é uma bebida considerada grossa, pois o tempo de passagem da água é bem rápido. 

Passo 3: Entenda a questão da água

Muitas pessoas usam água da torneira para fazer o café, como desculpa de que irá ferver e eliminará as impurezas. Porém, o recomendado é que se faça o uso de água filtrada, pois a água da torneira tem cloro, e isto pode alterar o resultado do café.

A temperatura da água é o ponto principal no preparo. A água deve ferver e fazer grandes bolhas. Na hora de passar o café, a temperatura deve estar entre 95 ou 96 graus, jamais abaixo de 90.

O calor é o principal aliado na hora de extrair as propriedades do café. Por isso, a água é um passo importante. 

Passo 4: Escalde o filtro antes do preparo

Esta é uma dica de ouro e poucas pessoas possuem o hábito de realizar. Escaldar o filtro antes de preparar o café ajuda a eliminar o sabor do filtro, promovendo um café mais puro.

O coador de pano não é muito indicado, pois armazena muitas bactérias. Então, o filtro mais apropriado seria o de papel. 

Passo 5: Proporção perfeita entre a água e o pó

Muitas pessoas têm dúvida sobre a quantidade de água e de pó de café. Para facilitar, basta aplicar uma proporção de 10 para 1, isto é, 10g de café, que equivale à uma colher de sopa, mais ou menos cheia, para cada 100ml de água.

Independente da quantidade, ao aplicar esta regra, o café sempre irá sair saboroso. 

Passo 6: Pré-infusão ou infusão

Após a água ferver até fazer bolhas e chegar ao ponto ideal, ela irá ficar detida por cerca de 30 segundos na infusão. Depois, basta jogar um pouquinho de água para hidratar o pó (até cobrir), esperar passar e, então, repetir o processo com o restante da água.

Durante a passagem do café, fazer movimentos circulares na borra faz uma grande diferença e dá uma finalização perfeita ao café. Após tiver concluído estas etapas, o café estará pronto para ser consumido.

Veja também: Café coado na calcinha: saiba como fazer a simpatia