Cafezeiro Profissional

Café turco: conheça os benefícios e como fazer

Tomar café é um hábito diário de grande parte dos brasileiros. Há quem afirme que o dia só começa depois do café. Por ser tão popular, há uma grande variedade de tipos de café ou bebidas derivadas dele.

De gosto forte, preparação peculiar e uma história rica, o café turco caiu no gosto do paladar brasileiro. E é sobre ele que vamos falar no artigo. Acompanhe!

 O que é?

Café turco é uma bebida espessa. Isso se deve aos grãos extrafinos que se submetem à infusão. O seu diferencial fica por conta da água não filtrada, fervida juntamente com o café, e o fato de não ser coado

É uma bebida que deve ser de fato degustada, se atentando às suas características, sabores e nuances únicas, com notas de torradas, terrosas, arborizadas, adstringentes e adocicadas. 

Tal bebida possui tamanha importância em seu país, que influencia até mesmo em seu idioma. No café da manhã, ele é chamado de kahvalti. A cor marrom em turco é kahverengi, ou seja, cor de café.

Também há a tradição da cafeomancia, ou seja, previsões através da borra do café, e, em casamentos, o noivo visita a noiva, onde a mesma deve preparar a bebida para todos os convidados. 

Veja também: Como fazer café por infusão? Aprenda aqui!

História do café turco

O café começou a ser exportado para os países árabes na década de 15. Na época de 1555, sob o império do sultão Süleyman, a bebida chegou em Constantinopla (atual Istambul) e, em pouco tempo, todas as classes sociais começaram a consumir o café.

Por conta disso, surgiram os primeiros modelos de cafeteria, virando ponto de encontro para intelectuais conversarem, recitarem poemas ou jogar xadrez.

Tal estabelecimento se popularizou tanto, a ponto de os religiosos proibirem o espaço utilizando como justificativa, que o café traria efeitos negativos,e que, também, as pessoas preferiam frequentar as casas de café do que as mesquitas.

Mesmo com a proibição, a comercialização não foi totalmente descontinuada. A venda continuava em becos e em pequenas lojas, de forma escondida. 

Não passou muito tempo até que a ordem dos religiosos fosse suspendida. Até mesmo os ministros do sultão construíram lojas de café para serem alugadas. E, desde então, o café turco é comercializado e preparado do seu modo singular, conforme as tradições. 

Importante ressaltar que o café turco carrega características peculiares que, no ano de 2013, foram inscritas como uma das heranças culturais imateriais da sociedade na lista da UNESCO.

Benefícios

Por trás de seu sabor forte, o café turco também possui benefícios para a nossa saúde. Isso se deve ao método pelo qual é preparado, resultando em uma bebida bastante filtrada e com um alto teor de cafeína. A presença do cardamomo também atribui mais benefícios.

O consumo do referido café aumenta os níveis de energia, diminui inflamações e reduz o risco de doenças crônicas, como diabetes e doenças cardíacas.

Ingerir a bebida continuamente diminui também a propensão à depressão, câncer de fígado, endométrio e cirrose hepática.

Veja também: Conheça os 10 benefícios do café para a sua saúde

Café turco e a cafeomancia

Como uma tradição turca, através da borra desse café, é possível fazer previsões para o futuro.

Após terminar de tomar o café, tampe a xícara com o pires e a vire de cabeça para baixo para espalhar a borra e, dentro de poucos segundos, aparecerão alguns formatos, que trazem os seguintes significados:

  • Âncora – sucesso nos negócios
  • Bengala – você receberá uma ajuda inesperada
  • Círculos – se grandes, indicam fim de um relacionamento. Se pequenos, indicam casamento
  • Coração – paixão a caminho
  • Cruz – vinda de brigas e problemas
  • Pontos – recebimento de um dinheiro vindo de uma herança
  • Quadrado – momentos de insatisfação e solidão futura
  • Linhas paralelas – os caminhos estão abertos para a prosperidade
  • Lua – indícios de um novo romance a caminho
  • Sol – Sorte e felicidade

Como fazer

café turco é preparado em um bule de cobre chamado cezve ou ibrik, neste bule é colocado os grãos de café devidamente moídos, juntamente com a água e em seguida, é levado ao fogo.

Depois de fervido, o café está pronto para ser consumido, não sendo coado, então. Também não pode misturar o café, ele deve ser consumido do mesmo modo que for servido. 

Outro modo ainda mais tradicional de preparo é na areia. Neste caso, substitui-se a chama do fogão diretamente no bule, por uma espécie de cama de areia quente, onde o bule é imergido, já com a água e o pó de café. Após cinco minutos, a mistura começa a ferver e já está pronto.

Agora, já pensou em fazer esse saboroso café em sua casa? Sim, isso é possível. Veja a receita abaixo:

Ingredientes:

  • 500ml de água, para cada xícara;
  • 1 colher de café moído bem fino, para cada xícara;
  • Açúcar a gosto;
  • Especiarias moídas como canela, anis estrelado ou cardamomo, também a gosto.

Modo de preparo:

  1. Em um bule, coloque a água, o café, as especiarias e o açúcar;
  2.  Misture e leve ao fogo;
  3. Agora, ferva o café três vezes. Após a primeira fervida, tire o bule do fogo e deixe descansando até parar de ferver. Repita o processo mais duas vezes;
  4. Após a terceira fervida, o café está pronto para ser servido.

Se desejar um café mais cremoso, faça todo o processo em fogo mais lento ou retire a espuma que se forma a cada fervura.

Além de conter formas corretas para a sua preparação, também há formas de servir e consumir, seguindo a tradição à risca.

Como por exemplo, o café deve ser servido a uma certa altura na xícara, com movimentos circulares controlados. O fato de levantar um pouco a cafeteira, ajuda a assentar o pó no fundo da xícara e a esfriar um pouco a bebida.

Assim como no Brasil, o café turco é servido com um copo de água, este sendo ingerido a fim de preparar a boca para degustar o café.

A bebida também é servida com cubos de açúcar e/ou com doces sofisticados como o manjar turco.