Cafezeiro Profissional Curiosidades

Café orgânico: Características e benefícios

Café orgânico

Café orgânico

A disponibilidade cada vez maior de produtos organicamente produzidos não fogem nem mesmo do mundo dos cafés. O chamado café orgânico é cada vez mais comum no mercado, seguindo uma série de padrões rigorosos para o estabelecimento de um meio de produção mais responsável, protegendo a saúde do consumidor.

Seguindo essas regras específicas, o café orgânico diz respeito à forma como foi plantado, colhido e lidado ao longo de sua cadeia produtiva. Saiba o que é exatamente o café orgânico, e quais suas principais características de produção:

O que é o café orgânico?

O café orgânico é o grão resultante de um meio de produção específico, que visa valorizar uma cadeia mais natural, com menos produtos industrializados. Este ciclo produtivo converge com a busca cada ver maior com produtos menos nocivos para a saúde. Não apenas no café, mas em quase todos os ingredientes a busca pelo “orgânico” é cada vez mais atual.

Globalmente falando, o padrão produtivo do café orgânico é aquele determinado pelo USDA nos EUA. Trata-se de um processo de certificação de fazendas orgânicas, onde a cadeia do produto orgânico não pode  cruzar-se com a cadeia de produtos não orgânicos.

É necessário, no entanto, ter em mente que café orgânico não significa café de melhor qualidade (no que diz respeito a aroma e nutrição), nem produto livre de pesticida. Em rigor, orgânico significa “não sintetizado”, e é isso que será recebido no produto.

No que diz respeito ao pesticida, muitas pessoas pensam que o café orgânico é aquele que não leva o veneno. Isso não é verdade. A prática é que o orgânico utiliza apenas pesticidas baseados em produtos naturais. Eles podem ser tão tóxicos quanto os sintéticos, apenas não passam pelo processamento industrial.

Veja também:

Benefícios do café orgânico para a saúde

Em função do processo de certificação necessário, o café que possui o selo como orgânico costuma ser mais caro. É, no entanto, mais saudável em diversas perspectivas – o que pode ser menos custoso, a longo prazo.

O café convencional conta pode conter resíduos do fertilizantes e pesticidas sintéticos. Estes resíduos são conhecidos por causarem câncer e danos ao sistema nervoso e hormonal. A grande vantagem do café orgânico, nesse sentido, é a ausência destes resíduos mais prejudiciais para a saúde.

Além disso, o café por si só, seja orgânico ou não, garante uma série de benefícios para a saúde. Estes benefícios ocorrem principalmente em função de sua ação antioxidante. Os antioxidantes combatem radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce e por doenças degenerativas.

Assim, a versão orgânica do café soma os benefícios do melhor destes dois tipos, garantindo uma bebida energética, saudável e deliciosa para acompanhar qualquer um durante o dia.

Veja mais benefícios do café clicando aqui.

Benefícios ambientais do plantio orgânico

Além de auxiliar a saúde, o café orgânico garante benefícios ambientais significativos. Trabalhadores de lavouras orgânicas recebem menos danos à sua saúde por não estarem expostos a produtos químicos nocivos.

Além disso, eles ocupam menos recursos fósseis – como petróleo e carvão – para a produção dos pesticidas utilizados. Um terceiro benefício pode ser observado no que diz respeito à contaminação do solo e das águas. Por utilizar produtos biodegradáveis, este tipo de plantação não oferece um risco tão permanente para a natureza. Pesticidas naturais também não são carregados pelo vento para fazendas próximas, o que reduz sua influência sobre áreas externas.

Mais posts interessantes: