Cafezeiro Profissional

Café Arábica: conheça mais sobre o tipo de grão

O café é uma bebida muito peculiar. Além de estar inserida na cultura da população mundial, é muito apreciada.

Existe uma vasta variedade de grãos, para os amantes da bebida que buscam novas experiências e sabores, como, por exemplo, o Café Arábica, que é apontado como responsável pelos melhores cafés do mundo.

Dentro da categoria arábica há diversas variedades de café, que você vai conhecer melhor no nosso artigo de hoje.

O que é o café arábica?

Um café originário da Etiópia e que é cultivado em todo o mundo. O café arábica foi um dos primeiros tipos de café a ser produzido. O nome “Arábica” está relacionado à Arábia, pois lá que se iniciou a cultura do café e se propagou para outros lugares. 

O grão arábica é responsável por produzir um café finos e requintados. Sua cultivação é bastante peculiar, pois são plantados há mais de 800 metros de altitude, sendo considerado um café de qualidade superior.

Possui um aroma bastante intenso e diversos sabores, podendo variar o encorpamento e a acidez. É um tipo de café que passa por várias etapas e cuidados até o seu empacotamento.

Possui notas altas e, consequentemente, valor maior no mercado. No Brasil, a produção do café arábica se dá em Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Bahia. 

É uma planta que pertence à família das Rubiáceas, que dispõe de várias espécies, por volta de 60, sendo que apenas duas são cultivadas para fins comerciais: a Coffea Arabica e a Coffea Canephora, mais conhecida como Robusta no Brasil, ou Conilon. 

O café arábica é caracterizado por seu forte aroma, doçura e leve acidez. Porém, estas propriedades podem variar de acordo com os tipos de arábica.

Os maiores cultivadores da espécie estão localizados na América do Sul, Central e alguns países da África e Ásia. Algumas variedades do grão são: Bourbon, Catimorra, Mundo Novo, Caturra, Catuaí, entre outras espécies. 

O café arábica representa cerca de três quartos da produção de café mundial, sendo um dos mais consumidos. Possui cerca de 1,4% de cafeína em sua composição, sendo considerado moderado. 

Diferença entre café arábica e robusta

Embora sejam dois tipos de café, possuem propriedades e composições diferentes. Ambas são cultivadas na zona tropical da Ásia, África e América.

As principais diferenças estão no teor de cafeína, sendo a Coffea Arabica, variando entre 0,8% e 1,4%, e a Coffea Canephora (robusta), entre 1,4% e 1,7%.

A arábica é considerada mais doce que a robusta, sendo mais benéfica em questão de óleos essenciais. O sabor do arábica consiste em uma bebida bem doce, suave e com altos índices de acidez.

Já o robusta é marcado por um sabor muito intenso, aroma e sabor amargo. É considerado um café bem forte. 

O cultivo da arábica é bastante sensível, propício à pragas, devido ao seu formato. Necessita de muito cuidado para garantir que os grãos sejam de excelente qualidade.

O cultivo da robusta é mais resistente e possui uma característica mais rústica. Florescem algumas vezes ao ano, crescem mais rápido e são mais resistentes a parasitas. 

A colheita da arábica é feita de forma manual e selecionada. Quando é utilizado algum objeto mecânico, é feita a seleção de grãos também.

Na robusta, não há seletiva de grãos. Por isso, é composto de grãos verdes, maduros, cascas e outros grãos de baixa qualidade. 

Veja também: Tipos de torra de café: conheça os principais

Tipos de café arábica

Bourbon

Esta variedade de café se divide em vermelho e amarelo. É uma das mais famosas e mais procuradas entre os cafés especiais.

O café bourbon é marcado por possuir um sabor intenso, levemente adocicado, com um toque de chocolate. Todo o processo de cultivo, como solo, clima, altitude e colheita são essenciais para garantir o sabor desta variedade. 

Catuaí

É uma outra variedade que apresenta subdivisões, podendo ser encontrado catuaís vermelhos e amarelos. A principal diferença é que o catuaí é menos encorpado. Um blend (mistura) entre as duas variedades pode gerar um resultado bastante satisfatório.

Possui acidez média e é considerado um café suave e de aroma adocicado. Seu açúcar é absorvido de forma bem natural do fruto para o grã. Este café pode ser tomado sem a necessidade de colocar açúcar. 

Catucaí 

É um cruzamento de duas variedades: a Icatu e Catuaí. Mais uma que se divide em dois tipos: amarelo e vermelho.

Esta bebida também apresenta um açúcar natural, acidez média e um leve sabor de frutas cítricas. Por seu aroma bem marcante, é considerado uma bebida de alta qualidade. 

Mundo Novo

Esta variedade resulta em uma bebida de alta qualidade e de sabor bastante agradável, muito procurada na cidade de Minas Gerais e São Paulo.

Porém, o café exige um cuidado especial em seu cultivo, pois é propício à ferrugem. Por ser suave, este café é bastante utilizado em drinks. 

Topázio

Pode ser encontrado principalmente em Minas Gerais. Também trata-se de um cruzamento entre o Mundo Novo e Catuaí amarelo.

Possui um cultivo bastante estável, pois seu grão tem facilidade em adaptações. Por isso, há diversas plantações e de alta qualidade. É um café bem saboroso, suave e de aroma cítrico, muito utilizado em cafés gelados. 

Icatu 

Esta variedade é um mix entre o robusta, mundo novo e bourbon vermelho. Foi cruzado com o mundo novo e o bourbon amarelo e resultou no Icatu Amarelo.

É uma variedade bastante resistente e de alta produtividade. Possui aroma floral e cítrico, acidez cítrica e um leve sabor de caramelo. 

Acaiá 

A palavra “acaiá” significa frutos de sementes grandes, na língua indígena tupi-guarani.

É uma variedade de bastante produtividade, podendo ser harmonizada com o bourbon, por ter um sabor bastante forte e intenso. Possui sabor frutado, com um leve teor de chocolate e acidez média. 

Dentre os tipos citados, alguns deles possuem o que chamamos de blends, que nada mais são que mistura ou combinação.

Tratando-se de café, existem diversos blends, sendo de diferentes espécies, de diferentes variedades, de diferentes subvariedades, de diferentes regiões e, por fim, de diferentes processos pós-colheita. 

Como foi mostrado neste artigo, o café arábica possui uma vasta variedade de sabores e blends, fazendo com que amantes de café que buscam inovações se divirtam com os tipos.