Curiosidades

Café verde: Benefícios usos e polêmicas

Café verde: Benefícios e usos

Café verde: Benefícios e usos

Se a controvérsia sobre os benefícios do café para a saúde são enormes, aquelas que tratam sobre o café verde são ainda mais comuns. Isso se dá especialmente em função de os grãos ainda verdes do café serem recentes, no uso ocidental, e muitos produtos para emagrecer utilizarem o ingrediente.

Os grãos de café verde geram um extrato que, na prática, é feito com os grãos não torrados da planta (não necessariamente verdes). Acredita-se que nestas condições, os grãos possuam ainda mais antioxidantes, gerando uma série de benefícios para a saúde.

Quando o grão é torrado, o ácido clorogênico (principal fonte de antioxidantes do café) é reduzido. Essa é a principal diferença apontada em produtos a base do ingrediente ainda verde em relação aos típicos produtos de café torrado.

Entenda quais são as reais características do café verde, se ele é realmente benéfico para a saúde, e de que formas ele pode ser utilizado:

Usos do café verde

Cada vez mais estudos são realizados sobre o ácido clorogênico em relação à perda de peso. Muitos deles indicam que há uma correlação entre seu consumo e a diminuição de gordura no corpo – o que o torna cada vez mais popular em suplementos com essa finalidade. O café verde popularizou-se a partir dos EUA, onde o famoso programa sobre saúde do Dr. Oz começou a fazer propagandas sobre um suplemento a base do ingrediente para favorecer a perda de peso.

Este tipo de suplemento pode, de fato, gerar benefícios para a saúde e auxiliar na redução de peso, apesar das pesquisas incipientes. A cafeína é utilizada como um ingrediente de termogênicos, que auxiliam na queima de gorduras no corpo. Somada a uma dosagem mais alta de ácido clorogênico, os resultados são promissores, e diversas marcas já apostam nesta característica.

É possível que o café verde reduza peso através de sua ingestão?

Ao que tudo indica, o efeito do café verde assemelha-se ao efeito do café torrado. A diferença está em sua concentração mais alta, que potencializa seus benefícios. Desta maneira, o café verde pode auxiliar na redução de peso em medidas mais significativas do que o café torrado, mas ainda funciona como um suplemento de emagrecimento, e não como uma fórmula mágica.

Atuando através da aceleração metabólica, é necessário que o corpo esteja em atividade física, de modo a favorecer a demana por energia. É essa demanda de um corpo que funciona em taxas metabólicas mais altas que faz com que as células adiposas sejam quebradas para o fornecimento energético.

Além disso, uma alimentação razoavelmente equilibrada é condição necessária para a perda de peso. Utilizar suplementação que aumente a quantidade de calorias consumidas diariamente, mas passar a consumir mais calorias na mesma proporção não gera o déficit calórico necessário para o emagrecimento.

Contra-indicações e possíveis efeito colaterais

Entre os estudos realizados até o momento, pode-se afirma que o café verde não possui contra-indicações próprias além daquelas que já dizem respeito ao próprio consumo de café. Mulheres grávidas ou lactantes, por exemplo, devem consumir quantidades moderadas da bebida, assim como crianças muito jovens.

O excesso da suplementação pode gerar agitação e dificuldades para dormir, assim como agravar problemas estomacais e aumentar a frequência cardíaca. Por isso, assim como o café, é importante que suplementes deste ingrediente sejam ingeridos com moderação.