Curiosidades

Café com leite faz mal? Descubra aqui!

Frequentemente, ouve-se pessoas comentando que o café com leite faz mal, que o ideal é consumir pouco ou não consumir, e dizem isso por diversos motivos, como a perda da absorção do cálcio do leite.

Mas será que isso é verdade? Será que o café com leite, tido como uma alternativa ao café puro, é maléfico assim? Veja a resposta neste artigo.

Veja também: Conheça os 10 benefícios do café para a sua saúde

O café com leite realmente faz mal?

café com leite é uma das bebidas que mais estão presentes na cultura brasileira.

Está no café da manhã, no lanche da tarde e após o jantar de muitas famílias — e mesmo em outros horários —, mas muita gente afirma que o café com leite faz mal e que a pessoa que o toma deveria, no mínimo, diminuir a quantidade para não sofrer de seus efeitos.

Antes de falar sobre o veredito se a bebida faz ou não mal, é importante entender o que é o cálcio e o que é a cafeína.

O que é o cálcio e a cafeína?

Esse primeiro item é um metal maleável presente no leite e em algumas frutas e verduras, por exemplo, e está ligado diretamente à proteção dos ossos, tornando-os fortes e diminuindo as chances de a pessoa sofrer com doenças como osteoporose, que tende a atingir indivíduos de idades mais desenvolvidas.

cálcio é bastante abundante no corpo e exige que a pessoa se reabasteça em grande quantidade, ainda mais em idades “delicadas” da vida, como pode-se dizer.

Além disso, o cálcio possui funções para controlar a produção enzimática, coagulação do sangue, contração muscular, proteção de líquidos linfáticos e controle do sistema nervoso.

O outro item envolvido nessa mistura globalmente conhecida é a cafeína, que, além de estar presente no café, existe também na Coca-Cola e até mesmo em achocolatados e outros produtos.

Trata-se de um composto químico que pode ser encontrado em algumas plantas. Em sua aparência natural, a cafeína tem cor branca e um sabor amargo.

Diferentemente do cálcio, a cafeína não é nem um pouco necessária para a nossa sobrevivência — uma pessoa não morre se decide se privar de cafeína —, mas ela afeta diretamente o organismo.

É possível dizer isso tendo em vista que é uma bebida estimulante do sistema nervoso central (SNC).

O que significa que a cafeína, esse composto químico tão comercializado em todas as partes do mundo, tem o poder de melhorar o “estado de alerta”, deixando a pessoa menos sonolenta e com os sentidos mais aguçados, como audição, visão e olfato.

cafeína é considerada um grande antídoto para a depressão, pelo fato de ser estimulante, mas, em excesso, pode causar problemas de saúde que muitas vezes inviabilizam o uso.

Esses problemas de saúde podem ser como dores de cabeça, tonturas, insônia e irritabilidade, e é importante dizer que há pessoas que são realmente viciadas nessa bebida — ou nos efeitos estimulantes que ela causa. Há pessoas que não podem tomar muito café para não comprometer a própria saúde, visto que acelera os batimentos cardíacos.

O café, portanto, pode fazer muito mal quando consumido em quantidades muito grandes ao longo do dia. Mas, uma vez que a pessoa acrescenta leite a fim de diminuir a quantidade do café no copo, o efeito não é muito negativo.

Portanto, pode-se tomar café com leite, sim, mas é importante evitar o excesso porque tudo em excesso faz mal. Certo… o café com leite está permitido, entretanto, nisso surge um outro questionamento importante: o café anula a absorção do cálcio do leite?

Veja também: Malefícios do café: Como ele pode afetar a saúde?

O café anula a absorção do cálcio do leite?

Muitas pessoas acreditam que a cafeína, quando misturada com o leite, pode comprometer a absorção de cálcio da bebida. Isso é atestado através de estudos, que muitas vezes não são expressamente claros.

Isso não é totalmente verdade, afinal. De fato, há uma perda da absorção do cálcio, mas, se uma pessoa tomar café com 30 ml de leite, isso já é o suficiente para a cafeína não atrapalhar na absorção deste item tão importante para nós: o cálcio.

Portanto, é possível afirmar que pessoas que consomem uma quantidade ideal de cálcio por dia não serão afetadas pela perda da absorção desse mineral proveniente do leite consumido junto com o café.

Quanto de leite deve ser consumido?

Em um copo, é sempre preferível consumir mais leite do que café, ou mesmo equilibrar as doses.

É interessante fazer isso principalmente se o café usado estiver muito forte ou se a pessoa a consumir for uma criança. Mas, quando se diz respeito às quantidades diárias que uma pessoa precisa, vários valores podem ser informados.

Por exemplo, um bebê de 0 a 6 meses precisa consumir 162 ml de leite integral por dia, o que equivale a 200 mg de cálcio. Com o passar do tempo, essa quantidade vai aumentando.

Até os 12 meses, é recomendado que a criança consuma 250 mg de cálcio, o que equivale a 211 ml de leite integral. De 1 a 3 anos, são 700 mg de cálcio, equivalentes a 570 ml de leite integral.

De 4 a 8 anos, as quantidades são, respectivamente, 1000 mg e 815 ml. Adolescentes de 13 a 18 anos são os que precisam de mais cálcio, pois é o momento em que esse estímulo pode fazer a pessoa desenvolver melhor o esqueleto. São 1300 mg de cálcio e 1057 ml de leite integral para eles.

Homens de 18 a 70 anos e mulheres dos 18 a 50 anos precisam da mesma quantidade diária que as crianças de 4 a 8 anos. Um homem de mais de 70 anos e uma mulher de mais de 40 anos, por exemplo, precisam consumir no mínimo cerca de 1200 mg de cálcio por dia, o que equivale a 975 ml de leite integral.

Apesar de o número ser um pouco assustador, é necessária essa quantidade mínima para não haver problemas com, por exemplo, osteoporose. Entretanto, para quem não quer beber tanto leite, o cálcio pode ser conseguido através de outras formas, como por meio de iogurtes, queijos, frutas, verduras e até mesmo suplementos.